20 de dezembro de 2011

Eu sou o teu cão.

Queridas amigas:
Hoje estou de luto por um pequeno animal indefeso assassinado a pauladas por uma "enfeimeira" desumana de apenas 22 anos.
Não sei vocês, mas, ao saber do ocorrido, não quis nem assistir ao vídeo.
Fiquei indignada com a notícia e passei o dia inteiro me perguntando porque as pessoas fazem isso com uma pobre criatura indefesa que muitas vezes nem sabe porque está sendo maltratada. 
Sabem o que acho? quem não curte animais, que não os adote. Já se encontra nas grandes cidades do Brasil, pessoas que se dedicam a procurar e cuidar desses bichinhos de rua dando-lhes a oportunidade de serem adotados e amados. 
Fico também imaginando como a pessoa conseguiu se conter e filmar toda a agressão sofrida pelo coitado do cachorrinho até as últimas consequências.
Nas reportagens que li, a moça se diz uma pessoa tranquila, que ama seu marido, filhos e "seus cachorrinhos". Ãh???
A lei federal nº 9.605/98, em seu artigo 32,  qualifica como crime maltratar animais e a pessoa pode ser presa de 3 meses a 1 ano, além de pagar multa. Caso o animal venha a morrer, a pena é aumentada.
Será que vai dar em pizza???
Diante de tudo, dedico hoje esta postagem ao animal que ama o ser humano incondicionalmente e que a ele só entrega carinho e alegria, o cachorro.

"Eu sou aquele que te espera.
O teu carro tem um som especial e eu posso reconhecê-lo entre mil.
Os teus passos tem um timbre de magia, eles são música para meus ouvidos.
A tua voz é o sinal maior do meu momento feliz. E às vezes tu nem precisas falar...
Eu ouço a tua tristeza, eu sinto a tua alegria. Como isso me faz feliz!
Eu não sei o que é cheiro bom ou mal. Só sei que o teu cheiro é o melhor.
De algumas presenças eu gosto, de outras, não! Mas a tua presença é a que movimenta os meus sentidos.
Tu acordado me despertas. Dormindo és meu deus em repouso. E eu velo teu sono. Teu olhar é um raio de luz quando percebo teu despertar.
As tuas mãos sobre mim tem a leveza da paz. E quando tu sais, tudo é vazio outra vez...
Eu volto a esperar sempre e sempre.
Pelo som do teu carro.
Pelo teus passos, pela tua voz.
Pelo teu estado às vezes inconstante de humor.
Pelo teu cheiro.
Pelo teu sono sob minha vigília.
Pelo teu olhar, pelas tuas mãos.
Eu sou feliz assim... EU SOU TEU CÃO."


                                (autor desconhecido) 

Um comentário:

  1. Esse caso foi simplesmente brutal!Uma covardia!Pena!!!beijos,chica

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte sempre para acompanhar meus trabalhos.
Sua opinião é muito bem vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...